Fabio Giambiagi

Um dos maiores especialistas brasileiros nas áreas de finanças públicas e previdência social, Fábio Giambiagi faz parte do Departamento Econômico do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) desde 1996. Entre 1993 e 1994, trabalhou no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington. Também foi professor de diversas cadeiras na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ). É mestre em Ciências Econômicas pelo Instituto de Economia da UFRJ e graduado pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro (FEA/UFRJ). É autor de “Reforma da Previdência” (Editora Campus, 2006), “Brasil – Raízes do atraso” (Editora Campus, 2007) e um dos organizadores de "Desenvolvimento econômico - Uma perspectiva brasileira" (Editora Campus, 2012).

Brasil corre risco de abandonar…

Por Fabio Giambiagi e Paulo Tafner A crise das democracias vem…

Brasil corre risco de abandonar…

Por Fabio Giambiagi e Paulo Tafner A crise das democracias vem…

A marcha da insensatez

Os mais velhos devem ter percebido que o título do artigo…

O centro e as reformas

Fabio Giambiagi: "Fui entendendo que a conquista do centro era essencial…

O Congresso de 2019

Fabio Giambiagi: "Se quem for eleito para comandar o país não…

Programas viáveis

Fabio Giambiagi: "É importante que cada cidadão esteja consciente de que…

A reforma previdenciária de 2019

Fabio Giambiagi: "Mesmo que nos próximos meses seja aprovada uma reforma…

O que gera o progresso?

Fabio Giambiagi: "Temos uma economia fechada, protegida, com pouca competição e…

Um programa mínimo

Fabio Giambiagi: "É evidente que, pelo menos em um primeiro momento,…

Um novo ciclo de reformas

O economista Fabio Giambiagi comenta seu novo livro, "Retomada do crescimento…

Mudança de mentalidade

O nosso problema é que o mundo lá fora não funciona…

“Para crescer, o país precisa…

O economista Fabio Giambiagi defende comprometimento com reformas

A educação dos nossos filhos

Uma das razões do atraso brasileiro é o nível de nossa…

Os juros e o déficit

Condução da política monetária deve ser feita com cuidado, para não…

A meta e o Chile

Fabio Giambiagi: "O país poderia transitar para uma década promissora, se…

Educação previdenciária

Tenho 25 anos de dedicação à previdência. A principal lição que…